A UTILIZAÇÃO DAS ESTATÍSTICAS

JÁ REFERI NESTAS PÁGINAS A QUESTÃO DAS ESTATÍSTICAS por diversas vezes, sobretudo em relação à nossa equipa de sevens.

Volto hoje ao assunto para vos dar conhecimento dos dados coligidos pela Green and Gold Rugby a propósito do jogo Austrália-Inglaterra, sobre o ponto de vista dos Wallabies.

Na verdade vão longe os dias pioneiros em que as estatísicas chegaram a Portugal, e a sua introdução – lenta – nos hábitos de treinadores e jogadores.

Hoje não se pode pensar em ter uma grande equipa sem uma grupo de “estatísticos” que forneça todos os elementos, até ao mais pequeno pormenor, que permita à equipa técnica procurar resolver os problemas, por mais escondidos que eles estejam.

Dê uma vista de olhos e tente entender o que se passou em campo, quer no que respeita à equipa e seus movimentos, quer aos jogadores individualmente.

Veja ainda um quadro comparativo dos passes feitos pelo médio de formação australiano, Luke Burgess, nos jogos contra Fiji e contra a Inglaterra.

2010-Wallabies-v-England-Team-Statistics

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: