COIMBRA 7’S – FIM OU INÍCIO DE UMA ERA?

COM A CONSAGRAÇÃO DA ACADÉMICA DE COIMBRA COMO VENCEDORA DO CIRCUITO NACIONAL DE SEVENS completou-se hoje o Coimbra Sevens, o mais antigo Torneio de Sevens que se disputa em Portugal.

Marcado pelo divórcio da maior parte das equipas da Divisão de Honra e da Primeira Divisão com a proposta da FPR, interessa agora pensar com calma e ponderação na melhor solução para avançar com um sistema e uma organização que sirva os interesses de todos os intervenientes.

Sem pretender entrar em polémicas ou atribuir responsabilidades, a verdade é que se verificou que o Circuito foi organizado sem o cuidade de antes procurar saber o que os clubes esperavam dele ou se haveria duplicação de calendários que eram perfeitamente evitáveis, mas houve também uma ligeireza e falta de responsabilidade por parte dos clubes, já que poderiam ter aproveitado a ocasião para fazer rodar os jogadores menos experientes ou mais jovens.

Na minha opinião a organização de cada etapa não deverá ser entregue a um clube, mas sim haver uma comissão organizadora centralizada que, em colaboração com cada clube, organize as etapas.

Ou seja, se o clube pode facilmente ser encarregue das questões logísticas – campo, alojamento se necessário, alimentação…- deve competir à comissão organizadora a questão da divulgação, contacto com os clubes, contacto com a Comissão de Arbitragem, contacto com a imprensa, etc.

Também a questão da localização dos torneios não deve ser deixada exclusivamente à apresentação de candidaturas pelos clubes, mas sim ter um olho nos interesses do desenvolvimento e outro nos clubes participantes.

Finalmente põe-se a questão de saber se a tónica deve ser posta em todas as etapas de cariz nacional, ou parte delas a cargo das regiões e para os clubes das regiões, e outra parte sim, com características de Torneio nacional.

Enfim, um conjunto de questões que não foram tidas em consideração, havendo apenas a preocupação de cumprir calendário, como quem diz, “a gente organizou, vocês é que não quiseram participar…”

Trata-se mais de ter uma visão global e de articulação de interesses que de puxar a brasa à sua sardinha…

Aqui ficam os resultados do torneio de Coimbra.


VOLTAR A PÁGINA INICIAL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: