IRLANDA 23 – 29 BARBARIANS

APESAR DE UMA ACENTUADA MELHORIA NA SEGUNDA PARTE, aIrlanda não conseguiu recuperar da desvantagem do primeiro tempo, quando tudo parecia correr para um resultado histórico, com os Barbarians a marcarem três ensaios contra nenhum.

Xavier Rush, George Smith e Cedric Heymans marcaram os ensaios dos visitantes, com James Brock e Jean-Baptiste Elissalde obtendo o resto dos seus pontos através de pontapés.

A Irlanda, que chegou a estar a perder por 21-3, reduziu a diferença com dois ensaios por Niall Ronan e Tony Buckley e os pontapés de Ronan O’Gara.

Apesar desta recuperação, os Barbarians agüentaram a pressão final dos irlandeses e conseguiram uma merecida vitória.

Declan Kidney, treinador da Irlanda tem uma tarefa difícil pela frente, com o jogo contra os All Blacks no final da próxima semana e, depois, com o encontro com os Wallabies, já que em nenhum deles haverá uma quebra de produção como aquela por que passaram os Barbarians ontem, e os resultados podem vir a ser memoráveis.

Como sempre acontece com estes encontros amigáveis, uma série de substituições contribuiu para a quebra de eficácia dos Barbarians, mas isso não vai acontecer nos testes que se avizinham.

Depois do jogo com a Inglaterra, em que os homens da equipa de convites foram surpreendidos na primeira parte e recuperaram na segunda, fica a idéia que nem ingleses, nem irlandeses vão conseguir fazer face com eficácia às equipas do hemisfério sul, que começam já esta semana.

VOLTAR A PÁGINA INICIAL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: