6 NAÇÕES – ANÁLISE DA JORNADA

A PRIMEIRA JORNADA DO TORNEIO DAS 6 NAÇÕES, realizada no passado fim-de-semana, não revelou grandes surpresas.

França e Irlanda dominaram naturalmente os seus adversários (Escócia e Itália, respectivamente) e a Inglaterra, a jogar em casa, empolgada com a celebração do centenário de Twickenham e com o regresso de Johnny Wilkinson ao Torneio, derrotou um País de Gales lutador mas algo permissivo.

Os jogadores galeses cometeram mais erros defensivos que o adversário e não aproveitaram três penalidades que podiam ter invertido o rumo dos acontecimentos.

Perto do intervalo, Wyn Jones é expulso temporariamente depois de rasteirar o talonador adversário, quando se registava um empate a três pontos.

A infantilidade do segunda linha comprometeu de tal forma o equilíbrio do jogo que, durante os dez minutos em que esteve fora, a Inglaterra marcou 17 pontos sem resposta.

Com quinze homens novamente em campo, Gales iniciou uma grande recuperação de 20-3 para 20-17 com dois ensaios.

Primeiro por Adam Jones, numa jogada em que a defesa inglesa não deslizou correctamente e, quando faltavam apenas dez minutos para o fim do encontro, por James Hook, num arranque extraordinário, finalizado com um side step fatal que deixou Wilkinson pregado ao chão.

Nesta altura, o País de Gales pressionava e procurava chegar ao terceiro ensaio.

Numa jogada de ataque, Stephen Jones permitiu a intercepção de Armitage que culminou no segundo ensaio de Haskell, depois de um grande trabalho dos dois centros ingleses.

Wilkinson converte o ensaio do asa e, mesmo antes do apito final, acrescenta três pontos à vitória, transformando mais uma penalidade a cerca de 40 metros dos postes.

Também no sábado a Irlanda recebeu a Itália e venceu confortavelmente, ficando a sensação de que podia ter dilatado o resultado na segunda parte.

Em vez disso, a equipa irlandesa optou por jogar pelo seguro, poupando os seus jogadores para os próximos jogos.

Apesar do equilíbrio na formação ordenada, o cinco da frente irlandês, liderado por Paul O´Connell, conseguiu abrir espaços para os três quartos e a terceira linha desequilibrarem em velocidade e com boas trocas de passes.

O´Gara esteve impecável marcando 16 dos 29 pontos da Irlanda.

Do outro lado, o ponta italiano Kane Robertson aproveitou um erro do defesa Kearney para marcar um ensaio de insistência.

No último jogo da jornada, a equipa francesa foi a Murrayfield vencer a Escócia num jogo em que ditou o ritmo, jogando a seu prazer.

O lado escocês, apesar de bravo (como sempre) foi avassalado nas fases estáticas, sobretudo na formação ordenada.

Falhou placagens e permitiu dois ensaios ao jovem segundo centro francês, Mathieu Bastareaud, que arrumou o jogo para os visitantes antes do fim da primeira parte.

Para além de um forte cinco da frente, a França mostrou ao mundo uma terceira linha de topo (Dusautoir, Harinordoquy, Ouedraogo) e uma dupla de médios a ter em conta (Parra e Trinh-Duc).

A Escócia teve em Cusiter, Lamont e Paterson os seus melhores homens.

Equipa da Jornada

1. Thomas Domingo (FRA) – A par de Mas, garantiu poder e estabilidade à formação ordenada. Rápido no apoio e sempre bem com a bola na mão.

2. Dylan Hartley (ING) – Grande primeira parte. Oportuno a defender e a atacar. Excelentes perfurações e consistente a introduzir bolas nos alinhamentos.

3. Adam Jones (PdG) – Marcou um ensaio. Muito inteligente no trabalho do cinco da frente, valendo por dois ou três. Muito superior aos seus dois companheiros da primeira linha galesa.

4. Steve Borthwick (ING) – Liderou o ruck inglês. Uma das melhores exibições do capitão nos últimos tempos.

5. Paul O´Connell (IRL) – Fantástico nos alinhamentos e sempre presente em todo o restante trabalho dos avançados. Até sair de campo lesionado, trouxe dinâmica, coesão e liderança à sua equipa.

6. James Haskell (ING) – Dois ensaios decisivos. Poderoso e oportuno no ataque.

7. Martyn Williams (c) (PdG)– O jogador da jornada. Exibição assombrosa do nº 7 Galês: rapidíssimo no apoio, placou muito e bem, recuperou várias bolas, obrigando o adversário a cometer faltas. Encontrou espaços para progredir, criou grandes jogadas mal aproveitadas pelos seus colegas. Aos 34 anos parece estar na melhor forma de sempre.

8. Nick Easter (ING) – As suas perfurações permitiram a conquista de muitos metros durante praticamente todo o jogo. Excelente nos alinhamentos.

9. Danny Care (ING) – Apesar de ter cometido vários erros e de se precipitar com frequência, venceu o duelo de formações, foi efectivo no passe e ainda marcou um excelente ensaio.

10. Johnny Wilkinson (ING) – Irrepreensível no jogo ao pé e, como sempre, muito corajoso a defender e a apoiar o ruck quando necessário. Dá muita confiança à equipa só por estar campo. Fundamental, apesar de estar na moda criticá-lo.

11. Andy Trimble (IRL) – Muito bem colocado defensivamente. Poderoso e excelente a pressionar o adversário.

12. Gordon D´Arcy (IRL) – Desequilibrou no ataque e esteve sempre bem colocado a defender.

13. James Hook (PdG) – Apesar das duas penalidades falhadas logo no início do jogo, recuperou a confiança e acabou por marcar o ensaio da jornada.

14. Mark Cueto (ING) – Bom jogo ao pé. Rápido e participativo.

15. Chris Paterson (ESC) – Muito inteligente em cada bola e quase sempre bem colocado. Excelentes placagens do veterano que deve fazer a sua centésima internacionalização no jogo da próxima semana com o País de Gales.

(c) – A braçadeira de capitão fica com o melhor da jornada.

O PIOR DA JORNADA

Alun Wyn Jones (PdG) – Podia ter ficado no banco: viu a sua equipa sofrer 17 pontos sem resposta depois de uma falta infantil que lhe valeu o cartão amarelo. Não é admissível num Lion.

Resultados da jornada:

Irlanda 29 – Itália 11

Inglaterra 30 – País de Gales 17

Escócia 9 – França 18

Próxima jornada:

Sábado, 13 FEV 2010

País de Gales – Escócia

França – Irlanda

Domingo, 14 FEV 2010

Itália – Inglaterra

VOLTAR A PÁGINA INICIAL

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: