DIRIGENTES REMUNERADOS – CRIME OU SOLUÇÃO?

QUANDO EM 1995 O RUGBY UNION SE PROFISSIONALIZOU muitos pensaram que o Mundo iria acabar, mas passados 15 anos, o Rugby não só está mais pujante como convive pacificamente com o seu “velho” inimigo, o Rugby de XIII.

Tão pacificamente que, na recente convocatória para os jogos do Torneio das Seis Nações, a Inglaterra incluiu um ex jogador daquela versão do jogo, na lista de jogadores.

A verdade é que mesmo antes daquela data, eram conhecidas as histórias de pagamentos efectuados por baixo da mesa, aos jogadores mais importantes, tanto no hemisfério norte, quanto no hemisfério sul.

E não era possível exigir uma entrega total a jogadores que tinham que trabalhar das 9 às 5 num qualquer escritório, fábrica ou lavoura, para depois ir treinar e defender, no dia de descanso, o seu clube ou o seu país.

O mesmo se passou em relação aos treinadores, e poucos serão hoje aqueles que não recebem um salário por transmitirem os seus conhecimentos a sucessivas gerações de jovens atletas.

Agora, quando mais um passo em direção ao futuro se antevê no Rugby português, algumas vozes – como é costume! – se levantam sem terem em conta as diferentes condições que se vivem.

Vem isto a propósito da decisão, anunciada antecipadamente, do novo Presidente da FPR, em assumir o cargo em tempo inteiro, e recebendo a remuneração que está prevista, estatutariamente, para o exercício daquela função.

Devemos neste particular considerar vários aspectos.

Primeiramente registe-se que os estatutos onde consta essa cláusula remuneratória, foram aprovados em 20 de Julho de 2009, largos meses antes de iniciado o recente processo eleitoral, pelo que a sua aplicação agora, não corresponde a qualquer manobra ou acto desleal.

Pelo contrário é apenas a legitima aplicação de uma condição estatutária, que está limitada na sua aplicação e no seu valor, ao texto do documento que rege a vida da própria instituição.

Depois, e apesar de tal já ter sido definido na aprovação dos estatutos, convém pensar se é justo e razoável que a actividade dirigente seja remunerada.

Todos aqueles que já foram dirigentes, e que passaram grande parte dos seus dias a garantir as condições para que todos possam praticar este desporto, muitas vezes em claro prejuízo das suas relações familiares, sabem que ser dirigente não é uma tarefa fácil, e que ela exige dedicação, conhecimento e capacidade, para ser levada a bom termo.

Daí que, em minha opinião, sim, é justo e razoável que, se a actividade for exercida em tempo integral ou em meio tempo, ela seja devidamente remunerada.

Não podemos esconder-nos atrás da capa da hipocrisia, pagar aos jogadores e aos treinadores, e não o fazer aos dirigentes que garantem que toda a máquina funcione.

Aproveito para acrescentar que, na minha opinião, também os árbitros deviam ser remunerados, pois sem a sua presença, a sua habilidade e a sua competência, não se pode jogar.

E para ser um bom árbitro, exige-se um constante apuro físico e técnico, que passa pelo estudo das Leis do Jogo e sua interpretação, e que ocupa bem mais que os 80 minutos do jogo.

Pensar que um bom árbitro aparece do nada, é como pensar que um jogador apenas ocupa com a sua actividade, os tais 80 minutos, sem consumir muitas horas de preparação.

Ou seja, para que existam jogos de Rugby é necessário manter em actividade toda uma complexa máquina, e não é justo que umas peças dessa máquina sejam remuneradas, e outras não.

Querem qualidade na administração do jogo? Querem dedicação e trabalho? Então onde está a dúvida em que, quem garante que o Rugby aconteça, seja remunerado?

VOLTAR A PÁGINA INICIAL

Anúncios

Uma resposta to “DIRIGENTES REMUNERADOS – CRIME OU SOLUÇÃO?”

  1. Manuel Says:

    Creio que o presidente deverá ser remunerado, mas apenas se exercer as funções a tempo inteiro e em regime de exclusividade, funcionando mais como um Director-Executivo do que como um presidente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: